segunda-feira, 8 de abril de 2013

Porque Pão é Arte


segunda-feira, 8 de abril de 2013

O lugar do Pão em nossa mesa

BLOG_o_pao_

 

A crescente industrialização dos alimentos, parece ter aberto definitivamente a caixa de Pandora da insegurança alimentar.

Vivenciamos uma situação inédita de malestar e desnutrição na abundancia.

O Pão, símbolo do alimento, sofreu tambem uma dramatica tranformação.  O uso de aditivos artificiais e alterações em seu processo de produção, com fins mercadologicos, o levaram em poucas dezenas de anos,  a um lugar de descredito que contrasta com a posição de protagonismo que gozou durante milhares de anos, na dieta de nossos ancestrais.

A pergunta é:  pode o Pão recuperar o lugar de alimento principal na dieta contemporânea?

Não temos duvidas em afirmar que o Pão, pode e deve voltar a ser o centro de nossa alimentação.  Mais para isso precisamos recuperar  o respeito que nossos antepassados dedicavam a sua manufatura. O cuidado com os ingredientes, a hidratação correta e o tempo necessario a maturação do cereal,  são condições indispensavéis para a geração de um Bom Pão. O uso de ingredientes funcionais (grãos, sementes, azeites, etc) aumenta seu valor nutritivo e direciona suas aplicações como veículo de saude.

A união de carbohidratos, proteínas, minerais e fibras fazem do Autêntico Pão, um aliado único em nossa alimentação,  concretizando o recomeço de uma antiga amizade.

Longa vida ao Bom Pão !


segunda-feira, 8 de abril de 2013

A dança das mãos

dança_BLOG

Dançam as mãos do padeiro, enquanto a cidade dorme, com suavidade e firmeza dançam. Imitando os gestos dos ancestrais amassam a vida, recriam o belo, modelam o Pão.

Tão longe e tão perto, uma e outra vez as mãos dançam,  e ao final, sempre a melhor recompensa de todos os tempos, o cheiro do Bom Pão.